30 de nov de 2009

Hotei


Hotei Deus da Alegria e da Saúde.Único de origem humano, acredita-se que foi um sacerdote budista do sécula 10.Sua barriga não simboliza gula e sim satisfação, para os japoneses, o ventre(hara) representa o coração e personalidade; portanto sua grande barriga representa grandiosidade de seu espírito.Ele auxilia aqueles que queiram atingir a serenidade completa e sabedoria búdica.Dizem que esfragar a sua barriga, traz sorte e contemplar sua figura espanta as preocupações.
VENDIDO

Ebisu


Ebisu
Deus da prosperidade , da fortuna, dos pescadores, e do comércio, geralmente representado com um pargo-vermelho, cor da felicidade na cultura japonesa. Com rede ou com vara de pescar, simboliza a fartura. Ele confere sucesso às pessoas, prosperidade aos comerciantes, e também protege a saúde das crianças.Dizem que ele nasceu sem ossos e foi abandonado pelos pais à deriva no oceano. Ele sobreviveu e ficou aos cuidados de um homem chamado Ebisu Saburo, depois de tanto sofrimento foi que ele se tornou deus.Dizem que ele é filho de Daikokuten.Ter sua imagem no comércio ou em casa é garantia de sucesso nos negócios.

Fukurokuju


Fukurokuju
Deus da Longividade, da boa sorte e da fortuna, tem semelhaça com Jurojin, com quem as vezes se confunde.Sua sabedoria vem da longividade, de quem aprendeu na universidade da vida.Os japoneses respeitam os anciões. Dizem que quem tem uma imagem dele, torna-se popular e tem uma vida longa e que passar a mão na sua cabeça pontuda, melhora a inteligência.

Jurojin

Jurojin
Deus da sabedoria e longividade. Confunde-se muitas vezes com Fukurokuju que como ele também é origirário da China, dizem que os dois habitam o mesmo corpo. Segura na mão um pergaminho com o segredo da longividade, e a lista com o nome de todos os seres vivos com a data de nascimento e morte.
Admirar a figura de Jurojin todos os dias, traz sabedoria e vida longa.

Bishamon


Bishamon ou Bishamonten
Deus dos guerreiros e da coragem . Guardião da casa e dos tesouros que nela estão.Divindade hindu incorporada pelo budismo.Um dos quatro guardiões do budismo, usa traje de guerra ou armadura, segura uma lança ou espada e um pagode (tipo santuário) em outra, que representa a casa dos tesouros divinos.Ele ao mesmo tempo é o provedor e o protetor dessa casa- ele só divide esses tesouros com os honrados e merecedores.Esses tesouros não são materiais e sim os ensinamentos de Buda. O bagode é o templo das orações,onde ele é o promotor, guerreiro missionário das palavras de Buda.Manter uma figura dentro de casa, afugenta ladrões e preserva os bens da família.

Daikokuten


Daikokuten
Deus da colheita, da prosperidade, e riqueza. Deus da fartura ou do lar , particularmente da cozinha. Originário da Índia, protege os alimentos.Representado segurando um saco cheia de tesouros e às vezes um martelo que tem o poder de concretizar desejos. Ele evoluiu a partir da divindade indiana, Shiva. Ter uma figura sua garante ascenção profissional e enriquecimento, ligado ao trabalho.

Benzaiten


Benzaiten Deusa da Música, da Literatura e das Artes.Única divindade feminina. Tem o poder de assumir a forma de uma serpente ou aparecer montada em um dragão, tocando alaúde japonês. Corresponde a Deusa Hindu Sarasvati, que significa poder e esposa, de Brahma, o criador do mundo.Ela protege todos os tipos de artistas, artesões, pintores, músicos, atores,e escritores, e também os que buscam conhecimento, como estudantes e professores, e tudo relacionado a eloquência, tudo que flui como a água. Seus símbolos são um Cisne e um Lotús Branco, ela também é associada à serpente ou ao dragão do mar.Dizem que carregar ou ter um objeto com couro de cobra, traz riqueza e prosperidade.